Fechar

Acesso exclusivo

Esqueceu sua senha?

Esqueceu sua senha?

<< Voltar

MARQUE SUA CONSULTA


DERMATOLOGIA

SERVIÇOS

Estética
Ver mais
/Estética

Olheiras

Olheiras são manchas escurecidas que se ressaltam logo abaixo dos olhos, podendo ser marrons, arroxeadas, ou ainda, acompanhadas de inchaço (causado pela falta de sono, que restringe a drenagem de líquidos dentro dos vasos faciais).

De onde vem as Olheiras

A cor escura ocorre devido a alguns fatores: excesso de melanina; vascularização aumentada na região; musculatura visível por transparência (a pele da região é muito fina). O cansaço é um dos fatores causadores, mas está longe de ser o único motivo. Se a pessoa for fumante, por exemplo, a probabilidade de ter olheiras é maior. Os sinais podem ser uma tendência genética e costumam se realçar após os 30 anos, junto com o envelhecimento natural da pele. Há, ainda, outros fatores que podem desencadear as manchas, como alergia, gripe e anemia. Em períodos menstruais, elas podem piorar.

Como Identificar

Identificar o que está causando as olheiras é fundamental para que o médico determine os tratamentos, que são diversos. Em uma consulta ele ponderará a aparência dos sinais e o estilo de vida relatado. Exames podem ser solicitados. Para determinar o tipo de procedimento, é preciso que o dermatologista avalie se o problema é pigmentação (concentração de melanina), profundidade (olhos “fundos”), flacidez (pouca firmeza nas pálpebras inferiores), bolsa de gordura (que provoca inchaço) ou a soma de alguns desses sintomas.

Tipos de Tratamento

O laser Nd-YAG 1064nm é uma tecnologia de ponta que trata pigmentos nas camadas superficiais e profundas, destrói os vasos inflados, induz a formação de colágeno. Para a melhora da profundidade local, aplica-se o ácido hialurônico. E lasers fracionados (ablativos e não ablativos) podem ser utilizados para indução de colágeno e melhora da textura da região.

Alguns “truques caseiros” prometem aliviar os sintomas da olheira, mas é importante saber que a pele do rosto é muito sensível, por isso, qualquer receita, por mais natural que pareça, deve ser informada ao seu médico dermatologista para uma avaliação. Apenas o especialista está devidamente habilitado a julgar qual tipo de olheira que você tem e qual o tratamento mais indicado. Caso a dica recebida, seja inadequada, há riscos de lesões na pele, queimaduras e acúmulo de oleosidade.

Quando as olheiras estão realmente “gritantes”, não há maquiagem que esconda. E esse pode ser um sinal de alerta para você refletir sobre a sua qualidade de vida. A saúde da pele é o resultado dos cuidados externos e internos que você dá a si mesmo. Ou seja, para evitar vários males, incluindo as olheiras, recomenda-se evitar o estresse, combater o sedentarismo e a adoção de uma alimentação balanceada. A carência de vitaminas e nutrientes pode refletir na saúde da pele e acelerar o seu envelhecimento. Uma vida equilibrada em todos os aspectos, proporciona o sucesso de uma pele bonita e saudável, na maioria dos casos.

/comentários