Fechar

Acesso exclusivo

Esqueceu sua senha?

Esqueceu sua senha?

<< Voltar

MARQUE SUA CONSULTA


BLOG

NOVIDADES, DICAS E CONTEÚDOS

Pesquisa comprova eficácia da união de ativos no combate aos sinais de envelhecimento

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, uma pele envelhecida tem como principais características ser fina, sem elasticidade, conter rugas e aprofundamento das linhas de expressão. Há ainda menor hidratação, aumento da flacidez, perda da luminosidade e tons pouco uniformes. O processo de envelhecimento pode ocorrer de forma mais lenta ou acelerada, em função da carga genética de cada pessoa e também de fatores ambientais e hábitos de vida, como alimentação inadequada, tabagismo ou falta de exercícios físicos.

Para evitar que isso ocorra, a pele possui seu próprio mecanismo de defesa. Contudo, nossa capacidade de proteção cai com o envelhecimento. Para prevenir esses danos, lançamos mão de produtos que contêm, em suas formulações cosméticas, antioxidantes como as vitaminas C e E, retinoide, resvesratrol, entre outros. “Cada um desses ativos oferece ótimos resultados. A vitamina C pura, por exemplo, é vital para a formação do colágeno e de elastina, aumentando o tônus da pele”, informa o dermatologista Bruno Vargas.

Mas, e se unirmos três desses componentes, podemos potencializar ainda mais os resultados? Um estudo publicado na Surgical & Cosmetic Dermatoloy 2015 (1)* avaliou – in vivo e in vitro – o efeito de um produto que associou três ativos: vitamina C pura, manose (monossacarídeo) e ácido hialurônico fragmentado, na diminuição de rugas e linhas finas, no efeito imediato de uniformização da pele, na melhora da firmeza e hidratação cutâneas. Foram recrutadas 45 brasileiras, com idades entre 40 e 50 anos, sadias e sem dermatose em atividade na região facial. Elas participaram da investigação durante 12 semanas, com aplicações duas vezes ao dia.

Os resultados foram bastante significativos e mostraram que os ativos utilizados no estudo já apresentavam eficácia comprovada na redução de rugas, uniformização e hidratação, mas sua ação associada ainda não havia sido descrita na literatura. De acordo com a avaliação feita pelos dermatologistas responsáveis pelo estudo, os critérios rugas/quantidade de rugas, flacidez, textura do relevo cutâneo, hidratação e luminosidade melhoraram ao longo do tempo. “Esses resultados compravam os benefícios da sinergia de ativos no rejuvenescimento da pele”, ressalta Bruno Vargas.

 

 

* O estudo foi realizado no Centro de Investigação Allergisa Pesquisa Dermatocosmética Ltda – Campinas/SP por Maria Helena L. Sandoval, Clarice Margins Caixeta e Nathalia Meireles Ribeiro.

 

/comentários

Dr. Bruno Vargas
Categorias Instagram