Fechar

Acesso exclusivo

Esqueceu sua senha?

Esqueceu sua senha?

<< Voltar

MARQUE SUA CONSULTA


BLOG

NOVIDADES, DICAS E CONTEÚDOS

Preenchimento na região dos olhos: para que serve e como funciona?

Olhar cansado, profundo e envelhecido. É comum que, com o passar do tempo, o aspecto da região dos olhos se altere. O problema pode atingir até mesmo pessoas jovens. Isso acontece porque, a partir dos 25 anos, o corpo diminui a produção de ácido hialurônico,  substância presente em nosso organismo e responsável por reter água ao seu redor, dando mais juventude e firmeza à pele.

Quando o ácido hialurônico passa a ser produzido em menor quantidade, aparecem os primeiros sinais do envelhecimento, como rugas e olhar cansado. Tais condições podem fazer com que pessoas busquem o procedimento de preenchimento na região dos olhos.

Ao longo da vida, a região periocular, do entorno dos olhos, passa por alterações multifatoriais, que envolvem textura, coloração e firmeza da pele, reabsorção óssea e deslocamento de partes moles. Consequentemente, surgem despigmentações e sulcos ou bolsas de gordura.

A deformidade do canal de lágrimas (goteira lacrimal) é uma das principais reclamações de pacientes e, quando acentuada, leva à depressão inestética, dando ao rosto um aspecto cansado e envelhecido.

Para o tratamento desse problema, apenas uma opção terapêutica pode não ser suficiente, mas, na busca pela correção, o preenchimento é uma importante indicação, pois restaura o volume do local.

Ácido hialurionico preenchimento região dos olhos

Preenchimento da região dos olhos: ácido hialurônico

Um estudo publicado na Surgical&CosmeticDermatology, revista científica da Sociedade Brasileira de Dermatologia, descreveu a técnica de preenchimento da região dos olhos com ácido hialurônico, aquela mesma substância presente em nosso corpo.

O ácido tem sido escolhido por várias famosas na busca por uma pele mais jovem e lisa. Essa substância passa por um processo de reticulação, dentro do laboratório, e pode ser injetado na derme (camada intermediária da pele) e na gordura facial.

Segundo a pesquisa, não houve casos de ausência de melhora ou de insatisfação por parte das pacientes ou do médico aplicador. Além disso, os efeitos adversos foram de pouca gravidade e transitórios, como hematomas discretos após aplicação.

Concluiu-se, assim, que a técnica subdérmica superficial de preenchimento da goteira lacrimal é segura, de fácil execução e com baixo risco de complicações. É indicada, principalmente, para pacientes jovens, sem flacidez cutânea e como técnica complementar à blefaroplastia.

Além do preenchimento ao redor dos olhos, esse procedimento também trata outros tipos de problemas, como as rugas que aparecem entre o nariz e a boca (popularmente conhecidas como bigode chinês), região malar (bochechas), contorno facial e queixo.

Duração do preenchimento da região dos olhos

O tratamento com a substância não é definitivo. O tempo médio de duração do preenchimento é de 12 meses e varia individualmente de acordo com a área tratada, volume, tipo de produto injetado, hábitos individuais do paciente e cuidados com a pele. A manutenção é realizada num período de 6 meses a 2 anos, em média.

Apesar do efeito estético promovido pela aplicação do ácido hialurônico, é importante não confundi-lo com a toxina botulínica, o famoso botox.

Enquanto a função do botox é paralisar o músculo de determinada região, impedindo a contração e formação de rugas, o ácido hialurônico repõe o volume perdido de determinadas áreas da face, preenchendo sulcos e melhorando o contorno do rosto.

/comentários

Dr. Bruno Vargas
Categorias Instagram